:: ::

  

Quem Somos Cadastro Membros Fórum Notícias Eventos Fotos Vídeos Tunning Roteiros Chat Downloads Links Loja


O perigo vem de cima - Direto da MOTOVRUM
Postado em: 23/6/2009 18:03:08
Por: SAURO DE COL FILHO

Número de motociclistas atingidos por linhas de pipa com cerol aumenta no período de junho a setembro e de dezembro a fevereiro

Soltar pipas é uma das brincadeiras mais comuns entre crianças e adolescentes, mas se a diversão for feita com cerol o resultado pode ser o ferimento grave ou até a morte de um motociclista. Motivado por essa preocupação, o farmacêutico bioquímico e motociclista Robson Moraes Almeida criou a Campanha “Cerol Não”, que tem o intuito de conscientizar a sociedade para os perigos que uma linha com cerol pode provocar aos motociclistas e a qualquer pessoa que esteja caminhando na rua. Em entrevista ao Jornal MotoVrum, ele fala sobre a campanha, equipamentos de segurança e alerta para os índices de acidentes.

MotoVrum (MV): Como surgiu a idéia de criar a Campanha “Cerol Não”?
Robson Moraes Almeida (RMA): Havia tirado minha moto da oficina e o mecânico pediu para testá-la. Segui em direção a rodovia MG -170, quando me aproximei dos 60 km/h, escutei um barulho de serra que, na hora, não chamou muito minha atenção. Só resolvi parar quando a linha cortou minha bermuda e atingiu minha perna. Com a velocidade que estava ainda andei uns 50 metros, pois acionei o freio bem devagar para evitar uma queda. O estrago foi um arranhão de quatro centímetros na carenagem da minha motocicleta. Se a linha tivesse passado por cima dela, provavelmente eu estaria morto. Logo que me recuperei do susto me dirigi a Polícia Militar local e registrei a ocorrência. Depois de alguns dias registrei o site, http://www.cerol.com.br, que abriga a Campanha.

MV: Qual o objetivo da Campanha?
RMA: O projeto tem caráter preventivo e educativo, e foi lançada para reunir, em um único local, informações verdadeiras e concretas sobre os perigos do cerol. É importante informar crianças e jovens que o uso do material na linha não é legal, pois pode causar ferimentos e mortes em outras pessoas. Atualmente, os pais são os principais responsáveis por ensinar aos filhos esta brincadeira perigosa.

MV: Quantos motociclistas são vítimas do cerol por ano?
RMA: De acordo com os dados fornecidos pela fundação Brazilian Kite Club, 10 pessoas morrem por ano no País vítimas de ferimentos provocados pela linha revestida com vidro moído. Um corte na veia jugular pode causar a morte de uma pessoa em poucos minutos. Segundo dados colhidos pela Associação Brasileira de Motociclistas (ABRAM), no Brasil são mais de 100 acidentes por ano, sendo que 50% sofrem ferimentos graves e 25% fatais.

MV: De que forma os motociclistas podem se proteger da linha com cerol?
RMA: Eles devem usar todos os equipamentos de segurança obrigatórios de maneira correta, como capacete, viseira abaixada, roupas resistentes e a anteninha que corta pipa. É necessário instalar duas dessas peças, uma de cada lado do guidão da moto, e mantê-las esticadas acima da altura do rosto do motociclista.

MV: Você é contra soltar pipa?
RMA: Não. Eu já soltei quando garoto, porém, sem cerol. Nosso papel é conscientizar a nova geração para não usar cerol e soltar pipas longe das redes elétricas. A proibição da brincadeira iria privar as crianças de uma atividade muito legal.



Política de Privacidade     |    Termos e Condições de Uso     |    Segurança     |    Fale Conosco     |    WebMaster

Copyright ©   -  Todos os direitos Reservados - Brasil 2008